Frases

5 de jul de 2012

O silêncio deste blogueiro


A audiência deste blog aumentou muito nos últimos meses e infelizmente devo isso a postagens polemizadas na rede. Alguns dos blogueiros cristão-evagélicos por certo que ficam contentes quando suas postagens giram por outros blogs, alcançando o status de "viral" e a face horrenda evangélica é exposta como que num show de horrores. O bizarro dá ibope.

No entanto, eu muito me entristeço por saber que a maioria de minhas contribuições que são reproduzidas, são aquelas que nasceram de minhas frustrações com a igreja evagélica e não aquelas onde exponho sua beleza. Parece-me que a beleza se tornou algo tão utópico para alguns que nos contentamos em nos alimentar com aquilo que nos nauseia.

Desde o início deste ano decidi que meu diálogo deveria mudar e para isso eu estou disposto a ir às últimas conseqüências se preciso. Se para não contribuir com este circo que se tornou os blogs evangélicos eu precisar me afastar da fonte de tristes informações, eu o farei. Estou disposto a buscar novos ares, um novo jardim quem sabe?, em busca de uma nova perspectiva que me inspire a pintar quadros mais belos do movimento evangélico. Meu campo de visão precisa ser renovado. Essa música já não toca a alma...

Por favor, não me interpretem mal. Não sou contra a denúncia, mas sou contra esse denuncismo que se criou e fez com que as pessoas vivessem como urubus á espera de algum cantor gospel fazer algo de errado, ou que um pastor pregue algo que entendem como errado, um evangélico que seja errar, para incitar a multidão a um caminho de desesperança. Não! Minha monografia no curso de teologia leva o título "Uma perspectiva de espiritualidade á partir da denúncia profética", não é à toa. Sou um denunciante do que está errado. No entanto, diferentemente dos profetas bíblicos, os novos profetas denunciam e enterram os denunciados. Os profetas bíblicos denunciavam e com amor chamavam ao arrependimento, ás veredas antigas.

Por este motivo estarei postando menos reflexões. Não irei parar de escrever. Tenho me empenhado em escrever um romance, o que muito tem alegrado meu coração, mas isso é outra história. E ainda escreverei para o blog sempre que meu coração precisar demonstrar sua alegria em linhas digitais. As imagens de humor e reflexão continuam. Acho...

Peço que todos que acompanharam minha peregrinação digital registrada, avanço após avanço, neste blog, que não deixem o coração de lado quando lerem um texto crítico. A crítica sem coração, sem paixão profética, não passa de criticismo soberbo. Jesus jamais faria isso. Se você anseia tanto pela justiça divina, lembre-se de que "Deus tornou pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele nos tornássemos justiça de Deus" (2 Co 5:21). Ou seja, Deus sacia sua sede de justiça em Jesus.

Um comentário:

  1. Adorei esse post! Isso é fato! Nós como blogueiros cristãos, que defendem o verdadeiro Evangelho de Cristo, somos tendenciosos a fazer esses tipos de postagens. Devemos sim denunciar, mas será que não é muito mais bonito e glorioso para Deus exaltar as maravilhas do Evangelho do que expor os podres dos pastores-mercenários?

    Muito bom, faço das suas minhas palavras.

    Um abraço,
    Thaissa Morais
    baseadanavideira.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...