Frases

10 de abr de 2012

A Páscoa de Maria Madalena


Perguntou-lhe Jesus:
Mulher, por que choras? Quem procuras? 
Supondo ela que fosse o jardineiro, respondeu:
Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste e eu o irei buscar.
João 20:15

Ser cristão significa, basicamente, ser um pequeno Cristo. Isso significa que Cristo é, além de Deus, um modelo á ser imitado (Ef 5:1), um segundo primeiro Homem o qual devemos nos assemelhar (1 Co 15:45). Nisso, somos seus seguidores.

Mas não precisa fazer um grande levantamento para constatar que há vários tipos de seguidores de Jesus. Alguns o seguem como resposta ao enigma que é a morte. Outros em busca de receber uma dádiva. Há ainda aqueles que enxergam que Deus é a fonte de alegria e amor.

Jesus identificou um tipo de seguidores que encontramos com certa facilidade em nossos dias, os que se interessam apenas pelos benefícios:
"Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: buscais-me, não porque vistes os milagres, mas porque comestes dos pães e ficastes fartos." João 6:26
Identificou ainda um outro tipo, os que o seguem por gratidão:
"E voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para lavar os pés; mas esta, com as suas lágrimas, regou-me os pés e enxugou-os com os seus cabelos... Por isso te digo: seus numerosos pecados lhe foram perdoados, porque ela tem demonstrado muito amor" Lucas 7:44; 47.
O Evangelho de João narra que na manhã do domingo de Páscoa, Maria Madalena foi ao sepulcro de Jesus. Tendo o encontrado a pedra removida foi em busca de auxílio. Pedro e João foram ao túmulo e ao constatar que o corpo não estava lá regressaram para suas casas.

Maria, no entanto, continuou a procurar pelo corpo. Dois anjos lhe perguntam a razão de seu choro e ela responde: "Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram" (Jo 20:13). Seu choro e busca foram tão sincero que o próprio Jesus aparece, pois "ao coração quebrantado e contrito não desprezas, ó Deus" (Sl 51:17).

Ao ser questionada por Jesus, ela torna a responder, talvez em meio as muitas lágrimas e soluços: "Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste e eu o irei buscar". Jesus lhe chama pelo nome, e ela reconhendo aquela vos, responde: "Mestre!". Pois, "conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem" (Jo 10:14).

Maria é um verdadeiro exemplo de seguidor, sincero, de Cristo. Ela buscou Jesus mesmo quando ele já não podia fazer mais nada por ela. Seguimos á Cristo sinceramente quando nos tornamos como a pecadora perdoada, que mesmo diante do Jesus morto, que já não podia mais lhe tornar próspera, lhe dar o pão e realizar milagres, continuou a buscá-lo em meio as muitas lágrimas (Jo 20).

A Páscoa de Maria Madalena foi diferente, naquele ano. Se na festa anterior a comemoração era sobre a libertação da escravidão egípcia, agora festa era pela libertação do pecado: "É para que sejamos homens livres que Cristo nos libertou" (Gl 5.1) e ainda a inserção na família de Deus: "Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus".
"Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós" 1 Coríntios 5:7

Um comentário:

  1. Muito bom... um belo sermão para este mês...ah: seu blo tem um link no meu http://pastorclaudiosampaio.blogspot.com

    abraço

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...