Frases

20 de dez de 2011

Problemas da humanidade


"E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança"
Gênesis 1:26

Na volta do trabalho, debaixo de intensa chuva, acenei para que o ônibus parasse. A jovem que estava parada nos degraus do ônibus reclamava com o motorista que o ônibus já estava cheio e que ficaria apertada se entrasse mais gente. Mas ela já estava lá dentro, rumo a seu destino á salvo da chuva belo-horizontina. Diante da cena comecei a pensar sobre "pessoas". Cheguei a conclusão que lamentavelmente as pessoas estão perdendo a sua característica principal, sua humanidade. Por "humanidade" não falo da sua definição biológica enquanto "raça", mas quanto a constituição qualitativa do ser.

Muitos deixam de demonstrar essa qualidade em suas vidas quando entregam-se ao hedonismo, isto é, a busca frenética pelos prazeres e auto-satisfação. É a mudança intrínseca do nós para o eu, do nosso para o meu. É, talvez, o egoísmo elevado a máxima potência. É ainda a maior demonstração da "ausência de graça"...

Algumas vertentes do pensamento cristão, ao olhar para este ser humano cada vez mais degradado, egocêntrico e falho, opta por definir a natureza do homem como caída, afetada pelo pecado. Este ponto de vista é um engano. Pois se assim fosse, poderíamos condenar de ante-mão todo o cristianismo como o maior ato falho de todos os tempos. Isso, devido ao que os jornais e a história podem nos dizer sobre o movimento dos seguidores de Cristo. Há tantos erros quanto acertos. Temos muito do que nos alegrarmos e muito do que se lamentar. Vejo que não é o plano de Deus que está com algum tipo de erro em sua elaboração e sim um problema com os executores do plano.
"E eu vos destino o reino, como meu Pai me destinou." Lucas 22:29
Sobre "como ser humano", o próprio Deus nos deu uma aula sobre isso em sua encarnação em Jesus Cristo. A carta aos Filipenses diz que Jesus "...esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. E, [foi] achado na forma de homem" (Filipenses 2:7-8). Deus tornou-se semelhante aos homens e foi achado na forma de homem. Em outras palavras, Ele "adquiriu" humanidade no processo de encarnação. Mas, o escritor de Hebreus nos diz que "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente" (Hebreus 13:8). Ou seja, Deus sempre foi divino e... HUMANO!

Talvez você esteja a esta altura orando para que Deus perdoe a minha "heresia", quando digo que "Deus compartilha de nossa natureza humana". Mas a Bíblia nos diz que Deus nos fez á sua imagem e semelhança (gosto mais da tradução "á forma" e "á sombra"). Já imaginou o universo de possibilidades que isso implica? Nossas características "tão humanas", são provenientes de Alguém "tão divino"... Isso nos faz pensar que não existe um antropomorfismo¹ e sim um teomorfismo². Não é Deus quem possui características humanas e sim nós quem possuímos características divinas.

A Bíblia diz "vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo" (Salmos 82:6). Sim, essa é uma possibilidade que Deus nos deu. Ele compartilha conosco suas características e sua própria natureza. Jesus disse "portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês" (Mateus 5:28), isto é ser humano perfeito como Ele foi em seus dias em Israel. Nesse momento ser humano e ser divino se misturam e o próprio Jesus não separa um do outro: "digo-lhes a verdade: o que vocês deixaram de fazer a alguns destes mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo" (Mateus 25:45). A essência de Deus é permeada em toda a raça humana.

É claro que somos falhos e em alguns momentos agimos de forma desumana. É neste ponto que a resposta ao tal pensamento cristão sobre "natureza pecaminosa" mencionado á cima encontra resposta. Agimos assim por escolha própria. Agimos de forma desumana quando escolhemos a nós mesmo, acima do bem comum, acima do próprio Deus. O fazemos quando escolhemos pelo "não-Bem". O "não-Bem", isto é o "Mal", é uma escolha humana e não um personagem propriamente dito. Atribuir a uma terceira pessoa as nossas falhas ou á nossa fraqueza quando escolhermos uma vida hedônica centrada no eu, é um ato de fuga. Uma "fuga" da nossa responsabilidade de ser, e ser humano.

Para encontrar a nossa verdadeira humanidade precisamos viver como Jesus viveu. Muitas vezes precisaremos nos esvaziar de nossas vontades em prol do "salvamento" dos outros. A cura para a garota do ônibus lotado é um olhar para o outro. A restauração de nossa humanidade é feita através da auto-negação em favor do próximo, ainda que tenhamos que nos fazer doulos³ de todos. Enquanto os homens passaram grande parte de sua história querendo ser semelhantes a Deus, Jesus vem á Terra e nos mostra que sequer aprendemos ainda a ser humanos. Temos muito a aprender ainda.

O que significa "ser humano"? Ser como Jesus.

¹ - Crença ou pensamento que atribui formas ou atributos humanos a entidades abstratas ou seres não humanos (anthropos "homem" e morphe "forma").
² - Teos "Deus".
³ - Servo; escravo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...