Frases

8 de abr de 2011

Tragédia de Realengo


Coisa terrível foi o que aconteceu ontem no Rio. O massacre liderado pelo atirador que não quero mencionar o nome, foi sem sombra de dúvidas algo que vai marcar para sempre a história brasileira. Os jornais do mundo todo destacam que o Ri, um dos lugares mais violentos do mundo - segundo eles mesmos, não estava pronto para tamanha barbárie.

Algo que chamou a atenção de muitos blogueiros evangélicos foi o teor religioso da carta deixada pelo atirador. Segundo o conteúdo da carta o assassino de Realengo teria ligações com a religião islâmica. Algo que serviu de munição para os que desejam o fim do islã. Não vai demorar para sair um texto fundamentalista e anti-Amor de Júlio Severo.

Culpar um seguimento religioso pela maldade com que agiu o atirador de Realengo é no mínimo burrice. Tirar proveito da situação para faze campanha anti-islã quando o mais importante é o choro pelos que morreram é algo tipicamente "religioso", no pior sentido da palavra.

Se algum cristão quiser tirar proveito da situação, faça antes uma leitura da história da cristandade e veja o quanto temos que pedir perdão ao mundo pelas nossas falhas. Muitos massacres foram feitos "em nome de Jesus". O que dizer da colonização das américas aonde tribos foram dizimadas por pessoas interessadas na exploração de ouro e pedras preciosas? Qual desculpa daremos para religiosos terem prometido "perdão" aos que participassem das Cruzadas? E do presidente Truman, evangélico Batista, do maior país protestante do mundo, os EUA, que deu ordem para lançarem uma bomba nuclear em Hiroshima e Nagasaki? Ou ainda, dos falsos pastores que vendem na televisão a promessa de vida melhor? Quem mata mais, os muçulmanos ou os líderes religiosos que enganam as pessoas?

Jesus disse: "E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo." Mateus 10:28. Temo muito mais os assassinos de paletó que portam um perigoso e cheio de munição, microfone. Esses me fazem chorar, urrar de dor, pecar pela ira e perder a esperança.

Bem disse Ariovaldo Ramos, "Só os seres humanos fazem isso com a sua própria espécie".

"Só os seres humanos se sentem seguros, apenas, quando podem matar o próximo. Só os seres humanos chamam a isso de paz. Quantas doenças ou religiões ou ismos teremos de evocar para dar sentido às barbáries humanas? O que há por detrás de tanta barbárie? Nós: Seres humanos. Nós! Ao chorar por essas crianças, choramos também por nós, por todos nós indistintamente. Precisamos perceber que nosso grande desafio somos nós mesmos. Perceber que há maldade em nós. Precisamos cuidar melhor de nós. Precisamos de zelo pela dignidade humana; de acesso a saúde em todos os sentidos, desde sempre: de uma escola onde um garoto estranhamente diferente possa ser ajudado enquanto é tempo. Precisamos que todo o esforço não seja para, meramente, melhorarmos na vida, mas, para que a vida melhore em nós. O que me consola é saber que Deus, segundo Jesus de Nazaré, está lutando por nós, o gênero humano. Que tanto luto não mate a esperança." - Ariovaldo Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...