Frases

29 de abr de 2011

Salvando almas e matando vidas


É comum no vocabulário cristão a expressão "ganhar almas". Creio que há um problema nessa expressão uma vez que ela aponta apenas para uma parte da salvação real que Cristo oferece. Para melhor explicar vou contar uma história:

"Certa vez um pastor saiu pelas ruas de sua cidade a evangelizar. Passou por bares que emanavam o cheiro azedo de cerveja quente e doce aroma de cachaça "do santo". Passou ainda por pessoas que no ponto de ônibus aguardavam a chegada do ônibus e falou a todos sobre o "plano de salvação". Com a chegada da noite, ele caminhava de volta para sua casa, deparou-se com uma mulher trajando vestes curtas, muito sensuais, roupas essas que mais mostravam do que escondiam. O bem-intencionado pastor não quis perder a oportunidade e pensou "mais uma alma". E foi-se até a mulher.

- Olá. Quero lhe falar sobre a coisa mais importante da sua vida - exclamou o pregador.

A mulher vendo que ele portava um livro de capa preta debaixo do braço e usava terno, logo concluiu que não se tratava de um possível cliente: era um crente. E respondeu:

- O que o você poderia saber sobre o que é importante para mim se não me conhece?

Era a resposta que ele queria. E com um sorriso nos lábios respondeu:

- Minha filha, a Bíblia nos diz que todos somos pecadores e precisamos de receber o perdão de Deus e aceitar Jesus. Isso mesmo. Jesus! Jesus quer a sua alma. Sua alma é importante para Ele. Sua alma não pode ir para o inferno. Por isso ele que salvar sua alma!

Dando os ombros para frente, como todos fazemos quando nos decepcionamos com algo, e lentamente abaixando a cabeça, a mulher levantando novamente com os olhos úmidos e com uma voz serena lhe perguntou:

- Pastor, responda-me algo você que parece saber de tudo: Jesus quer minha alma; os homens querem o meu corpo; mas quem me quer por completa?

Desnorteado o pastor não soube lhe responder. Sabia que uma resposta vazia não responderia aos anseios daquela mulher. E foi-se embora para sua casa para chorar abraçado com sua Bíblia."

O pastor não estava errado. Jesus quer salvar nossa alma do inferno. Mas Ele quer também salvar nossa realidade, ou se preferir, a nossa carne. A Bíblia diz que "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente." (Hebreus 13:8). A Teologia vai chamar isso de imutabilidade divina. Jesus tornou-se carne, ou seja homem. Se Ele é o mesmo, ontem, hoje e eternamente, Ele continua sendo... carne!

O problema do pastor dessa história foi que ele apresentou um Evangelho incompleto. Jesus quer salvar-nos por completo.

Sobre a charge, sugiro dois filmes que marcaram minha vida: Brincando nos campos do Senhor, com Stênio Garcia, José Dumont e Nelson Xavier; e  A missão, com Robert de Niro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...