Frases

16 de mar de 2011

Amor é a autocomunicação do bem


A teologia da paixão divina fundamenta-se na expressão-chave da Escritura: "Deus é amor" (1Jo 4:16).

O amor é a capacidade, inerente ao bem, de sair de si mesmo, de transferir-se para outro ser, de participar do outro ser e de entregar-se por um outro ser. Se entendermos o amor como autocomunicação apaixonada do bem, estará suficientemente caracterizada a sua clara distinção com respeito a paixões perturbadoras. O amor deseja viver e dar a vida. Ele deseja abrir a liberdade à vida. Por isso, o amor é a autocomunicação do bem, se a negação de si; a auto-entrega do bem desconhece o auto-aniquilamento. Aquele que ama está totalmente no outro, que é por ele amado; mas está no outro, conservando plenamente sua identidade. O desprendimento do amor consiste na autocomunicação do amante, não em sua destruição própria. 

O amante comunica-se a si mesmo. Ele é ao mesmo tempo o comunicante e o comunicado. No amor, ele é ambas as coisas. O amor é a capacidade de autodistinção  e de auto-identificação, e é desse processo que ele nasce. Quanto mais profunda for a autodistinção, tanto mais desprendida será a autocomunicação. Quando dizemos: "Deus ama o mundo" (Jo 3:16), estamos a significar a autocomunicação divina com o mundo, em virtude da suas autodistinção  e auto-identificação. Ao dizermos: "Deus é amor", de fato dizemos que ele, desde toda a eternidade, é esse processo de autodiferenciação e auto-identificação; um processo, que guarda em si todo o sofrimento pelo que é o negativo. Deus ama o mundo como o mesmo amor, que com ele se identifica desde toda a eternidade. Deus afirma o mundo com a mesma força com que se afirma a si mesmo. Pelo fato de que Deus não somente ama, mas pessoalmente é amor, deve ele ser entendido como o Deus uni e trino. O amor não pode realizar-se na esfera de um sujeito isolado. Um indivíduo, como tal, não pode comunicar-se: individuum est ineffabile*. Se Deus é amor, então ele é ao mesmo tempo o amante, o amado e o amor. O amor é o bem que se comunica, desde toda a eternidade.

*Lema escolástico, "do que é individual não se pode falar".

Extraído de Trindade e Reino de Deus, de Jürgen Moltmann.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...