Frases

24 de fev de 2011

Lendo o livro O Peregrino

Com um pouco de vergonha começo a leitura do livro O Peregrino, de John Bunyan. "Vergonha" porque ouço a respeito deste livro desde que comecei a freqüentar a Igreja, há uns treze anos atrás. Os pastores sempre diziam que "é o livro mais lido no mundo, depois da Bíblia". Temo que seja apenas um mito devido ao "alguém me disse...". Mas isso não importa.

Bom, comecei a leitura e já começo a descobrir que talvez, talvez (!), o livro não seja tudo isso que um dia falaram sobre ele. Cristão, nome do personagem principal da história, é alguém que está em uma luta frenética contra o peso que carrega em sua mochila - simbologia do pecado - e contra o destino de destruição que há de vir sobre a sua cidade natal.

Até o momento, capítulo sete, não notei algum sentimento de Cristão em relação Àquele que o livra do peso. A epopéia a qual Cristão encontra-se é exclusivamente a Fuga do Inferno. Isso era algo típico das pregações do século XVI e em nossos dias virou uma epidemia nos púlpitos. Mas não quero falar disso agora.

O chamado de Cristo não é para fugir do Inferno e sim para voltarmos a nos relacionar com o Pai. Não ir para o Inferno é apenas uma conseqüência do relacionamento com Deus e não a finalidade desse relacionamento.

Espero que o livro me surpreenda nas próximas páginas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...